Perfis

A produção de perfis no interior da disciplina Redação em Jornalismo II, do curso de Jornalismo da UFOP, tem demonstrado que a prática desta modalidade acrescenta uma formação mais qualificada aos futuros profissionais da área. Ao escrever um perfil, o estudante abre-se ao outro, numa dimensão de escuta, que o legitima como um mediador do real. Outro aspecto não menos importante é a aproximação dos estudantes com a comunidade local. Ao conhecer histórias de vida das pessoas que conduzem a dinâmica da sociedade, os estudantes podem ter assim acesso a novas percepções da realidade por intermédio das inúmeras vozes, que, muitas vezes anônimas, acabam não tendo espaços de expressão nas chamadas mídias convencionais. Assim, ao estabelecer dialogias no interior da produção jornalística, o profissional contribuirá para mostrar uma visão polissêmica do real.

A mulher que distribui livros

“Um livro fechado é menos um leitor; defendo a ideia de que o livro tem que circular”. Não dá para falar de Andreia sem dizer sobre o “Poesia Viva – a poesia bate à sua porta”. Pioneiro no Brasil, o… Leia mais


@poxaduduh: “Minha vida cabe em 140 caracteres e ainda sobra espaço”

“Vou te contar a minha vida toda em 140 caracteres”, foi assim que Eduardo Guimarães começou. Eduardo Alexandre Guimarães Almeida pode não ser muito conhecido quando dito assim, talvez seja melhor dizer Dudu, Du ou o mais conhecido, pelo menos… Leia mais


MARCELO VINDICATTO – Muito além de O Palhaço: O roteirista que dá vida à ficção

FADE IN: EXTERIOR: PÁTIO DE ESCOLA – DIA Estudante de jornalismo, 25 anos. Ela espera ansiosa pelo primeiro dia de oficina da Mostra de Cinema de Tiradentes. Fumando, no canto do pátio da escola municipal, ela observa a movimentação de… Leia mais


O Torvo?

Em setembro de 1849, Edgar Allan Poe, que aos quarenta anos havia vivenciado de perto as satisfações e desgraças da sobrevivência à custa da escrita, contou à tia – no que seria a última carta que escreveria em sua vida: “Os jornais têm me elogiado; em todas as partes me recebem com entusiasmo”. Três semanas mais tarde, foi encontrado nas ruas de Baltimore… Leia mais


Nunca disse mentira pra dizer a verdade

Era inverno, eu estava triste com o recente término de um romance quando vi uma bandeira gigante escrito Abou e Os caras da Terra na minha casa noturna favorita. A logomarca me chamou atenção. Era uma mandala, um rosto, ou… Leia mais


Mulher de verdade, sim, senhor!

Ao lado da Basílica do Senhor Bom Jesus de Matosinhos, está localizada a Rádio Congonhas AM 1020 – emissora criada em 1961. Aos sábados, o local normalmente agitado, está calmo, e conta apenas com a presença de duas pessoas. Na… Leia mais


Ela não anda, ela desfila

Vaidosa, Marli Elias Veisac cuida da aparência diariamente. Os cabelos loiros, penteados ao estilo Gisele Bündchen – lisos, mas com as pontas cacheadas, não mostram nenhum fio fora do lugar na cabeça da jovem senhora. O cuidado com o visual… Leia mais


Sem maquiagem: Quem é a palhaça Jojoba?

Passagem de Mariana, ruas de pedra, casas coloridas, um distrito tranquilo com uma parte construída de baixo de uma ponte muito alta. É outubro, e o clima é agradável. Jô parece fazer parte dessa paisagem, e a impressão é de… Leia mais


Pelas longas estradas de uma vida

É segunda-feira em Mariana. Quem passar pela Rua Bom Jesus logo de manhãzinha provavelmente encontrará um franzino senhor de 87 anos pedalando sua velha bicicleta. Ele já não tem mais o físico e muito menos o vigor com que encarou… Leia mais


Uma vida em nome da simplicidade

“O saber a gente aprende com os mestres e os livros. A sabedoria se aprende com a vida e com os humildes.” É pelo lirismo de Cora Coralina, no contexto narrado adiante, que sinto a necessidade de me apropriar das… Leia mais


Página 1 de 41234